10 de abr de 2010

Não sei se quero recomeçar, mas tambem não sei se quero voltar, sinto-me confusa e repartida como se estivesse entre duas grandes decisões que poderiam mudar muito..
É mais forte do que eu mandar nos meus sentimentos, mas tambem não me quero sentir iludida de nada, não quero voltar a pensar que poderemos ter alguma coisa, e depois voltar a este mesmo ponto, esse é o meu maior receio, e apenas tenho razões de andar com ele para a frente, e não "voltar".
Não me convences de algo mais, e não vou estar a convencer-me sozinha disso...

Nenhum comentário:

Postar um comentário