1 de jul de 2010

Ando muitas vezes num labirinto, e sem saber porque caminho ir, melhor ainda, a minha vida é um completo labirinto, e o pior é que parece que não me estou a aproximar da chegada, apenas ando para trás em tudo, mas nem a entrada encontro.
Ando bem perdida, ando tão perdida que nem sempre sei o que fazer.
Parecia que dantes tinha tudo feito e pensado e que iria ser como estava destinado a ser...
Uma grande bosta, foi o que foi... Se calhar, acabei de perder um ano da minha curta vida, para quê?
É como digo, um grande labirinto, e apenas sinto como se estivesse cada vez a andar para trás!
Ou se calhar, não...
Momentos assim, com esta gente, não foram perdidos e acreditem, não os trocava por nada deste mundo !




(Falta a Armanda, a nossa fotógrafa «3 )

Nenhum comentário:

Postar um comentário