17 de ago de 2009

just, do it!

Começar, acabar, começar, acabar, etc..
Sempre a mesma lengalenga para nunca pudermos parar.
Por mais que negemos, estamos e estaremos sempre juntos, o que nos aconteceu, foi parte por minha culpa, mas quem diria que ultrapassemos isso?
Ninguem, nem mesmo eu.. até o dia em que me disseste «nunca te cheguei a esquecer».
Nesse dia capacitei-me que ambos tinhamos cometido um erro, mas é com os nossos erros que aprendemos, e pode ser que agora seja tudo diferente, pode ser que desta vez, seja mesmo aquilo que pretendiamos.
Nunca tivemos grandes espectativas, pois tambem tinhamos sempre as mesmas pessoas contra, nunca podiamos fazer nada, nem mesmo exprimir-nos pois criticavam, um simples passo nosso.
Agora somos livres, pois cagamos em cima dos que não nos apoiaram.
E por mais que dizem, o amor nao é uma coisa que desapareça com facilidade, por isso, não culpo os que não esquecem as pessoas de um momento para o outro, pois para não as esquecerem, isso só significa que essa pessoa foi e é bastante importante para nós.
Fiz muitas escolhas erradas a algum tempo, mas agora estou preparada para fazer as escolhas certas, com a pessoa certa.
Essa pessoa só pode ser tu (L)

Nenhum comentário:

Postar um comentário