18 de ago de 2009

"O meu quarto"

Dia 18 de Agosto de 2009
Deve ser umas 2 ou 3 da manha, não consigo dormir.
Ando ás voltas na minha cama super quente, com os meus lençóis super quentes de malha polar.
Podia ser calor, mas não é, sinto algo estranho em mim.
Queria ligar o computador, mas não quero fazer barulho, já fiz uma barulheira só para encontrar uma caneta que escreve.
Não sei porque não consigo dormir, a minha mente enche-se de pensamentos, olho para a minha janela e quase que vejo o reflexo das minhas cortinas verdes a deixar passar luz para dentro do meu quarto.
Agora decidi abandonar a minha secretária e voltar para a minha cama, nada mudou..
Continuo com os mesmos pensamentos e ouvindo os mesmos barulhos.
É interessante o quanto a minha letra mudou só neste Verão, significa que tambem estou diferente?
Não sei, tambem não quero saber, continuar a ser sempre a mesma pessoa não fas bem a saude de ninguem, mas enfim.
Vou abandonar a escrita, pois cada vez mais tira-me o sono, vou tentar adormecer novamente na ofegante escuridão de um quarto fechado com 4 paredes, o "meu" quarto.

Um comentário: