25 de fev de 2010

Porque sinto que vou voltar a perder-te e sinto que apenas, desta vez é o fim de todas as outras.
Não vou voltar a ter medo, e sim, sair de forma erguida.
Não vou voltar a ficar presa em algo que irá acabar por desaparecer, com o tempo.
Apenas vou encara-lo como já o fiz, várias vezes.
Dizem sempre «mais uma, menos uma também, já não faz diferença», pois não.
Apercebo-me das coisas há distancia, tu é que não te apercebes-te nem de perto.
Vou fazê-lo como sempre fiz, e vou passa-lo da melhor maneira que puder.
Nunca criei grandes expectativas aquilo que não me davas nem dizias, acaba por passar, por ambos os lados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário